O que é inventário de ativos ?

O que é revisão de vidas úteis?
julho 12, 2011
O Inventário Patrimonial no Contexto da sua Empresa
julho 26, 2011

O que é inventário de ativos ?

Fique por dentro das relações entre controle patrimonial e inventários de ativos, esclarecendo pontos de destaque no processo de gestão de empreendimentos modernos.

Qual a definição de Inventário ?

De forma direta e sucinta, inventário pode ser definido como uma pesquisa ou registro documentado de uma relação dos bens e sua localização. Um exemplo simples é um estoque de mercadorias, e o inventário das mesmas seria uma tabela esclarecendo os tipos de bens neste estoque e algumas características pertinentes sobre os mesmos.
É interessante destacar também a origem da palavra inventário que vem do latim, da palavra “inventarium”.

A relação de inventário de ativos e o controle patrimonial

Inventario Ativos

Tendo em vista a definição do inventário de bens, sua ligação ao inventário de ativos é direta. Os ativos são os bens das empresas, desta forma a associação pode ser feita de forma simples. Mas qual a relação do inventário de ativos e o controle patrimonial de um empreendimento? A resposta parece ser intuitiva, e é mesmo! De forma análoga, pense não somente em pequenas empresas, mas também em grandes empreendimentos que possuam grande quantidade de ativos. É necessário ter o controle de todos os bens da empresa, não somente para fins legais e contábeis, mas também por segurança.
O inventário de ativos tem como papel principal manter registros atualizados para os gestores, sobre todos os bens do empreendimento, além de garantir um controle sobre os mesmos, evitando furtos, depreciações e afins.
Do ponto de vista de gestão contábil é interessante ter o controle de todos os bens e fazer avaliações periódicas sobre características de determinados ativos. Pode parecer algo intuitivo, porém pense em grandes galpões com máquinas guardadas após longo uso que poderiam cair no esquecimento. Mesmo que tais ferramentas, equipamentos e máquinas não tenham um uso constante, elas estarão contabilizadas contabilmente e suas depreciações estão sendo contabilizadas, e se for necessário, haverá a referente baixa contábil. Da mesma maneira, de forma legal e fiscal será feito as atribuições necessárias e os registros das mesmas de forma eficiente. Na área de segurança, o controle periódico das mesmas irá garantir maior segurança aos bens, pois com o controle e vigilância haverá inibição de algum eventual furto por parte de funcionários ou terceiros.

O inventário de ativos e a revisão de vidas úteis

Um processo interessante nos empreendimentos são as avaliações periódicas de todos os ativos ou de um determinado conjunto de ativos afim de analisar características que poderiam influenciar no valor contábil dos bens. Fica claro neste ponto a utilização do inventário de ativos de modo a organizar e classificar um conjunto de ativos para que os mesmos sejam avaliados. Neste aspecto, verificando a perda por impairment (recuperabilidade), depreciação, ou mesmo analisando demais características. Desta forma, é gerado laudos específicos sobre a caracnterísticas de alguns conjuntos de bens, tais laudos elaborados por profissionais competentes e aptos ao serviço. Alguns laudos e testes com características comuns são: laudo de vida útil (revisão de vidas úteis), laudo de avaliação, teste de impairment (teste de recuperabilidade), entre outros.

1 Comentário

  1. Flavio de Lima Conde disse:

    Preciso de informações sobre CPC 20 e CPC 24, por favor envie para o email informado, ou indique um bom livro sobre o assunto.

    Att.
    Flavio Conde
    (21) 7782-2556

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *