Teste de Recuperabilidade ou Teste de Impairment ?

Teste de Impairment e a Redução ao Valor Recuperável de Ativos – Lei 11638
março 16, 2009
Gestão Patrimonial e Vida Útil Econômica: Conceitos Gerais
abril 17, 2009

Teste de Recuperabilidade ou Teste de Impairment ?

Teste de Recuperabilidade, também conhecido como o afamado Teste de Impairment. Entenda a necessidada das entidades se adequarem a mudança de lei 11.638, e as vantagens alcançadas com a redução ao valor recuperável de ativos.

Imagem Teste de Recuperabilidade

De acordo com o Pronunciamento CPC 01, com a redução ao valor recuperável de ativos e a mudança da lei 11.638/07, é necessário efetuar determinados processos para validar sua necessidade. Deste modo, é necessário efetuar o teste de recuperabilidade, também conhecido como teste de impairment.

A CVM, acrônimo para Comissão de Valores Mobiliários, por meio da deliberação CVM nº 527/07, no qual aprovou o CPC 01, determina as etapas dos processos que especificam o teste de recuperabilidade. De modo mais relevante, indica o momento mais viável para execução dos testes.

Teste de Recuperabilidade – Aspectos Gerais

Primeiramente, a entidade de avaliar, pelo menos a cada fim de exercício, indicações nos ativos que tenham indícios de desvalorização. Caso o mesmo se comprove, é necessário cálculos para estimativa da redução ao valor recuperável do ativo.

É necessário também ressaltar, que independentemente de indícios sobre determinado ativo e sua depreciação, é totalmente requisitado que a entidade execute testes periódicos, mesmo que anualmente, a redução ao valor recuperável de um determinado ativo intangível com vida útil indefinida ou mesmo o ativo intangível indisponível para utilização, havendo as devidas comparações de seu valor contábil com o valor recuperável.

Teste de Recuperabilidade e ativos de Longa Duração

Tal teste de recuperabilidade pode ser executado em qualquer instante num intervalo de um ano, desde que seja executado todo o ano, no mesmo período. Salvo os ativos intangíveis diferentes, que podem ter seu valor recuperável testado em períodos diferentes. Porém, tais ativos que forem reconhecidos durante ano corrente, deverão ter a redução ao valor recuperável testada antes do mesmo ano corrente. Também sendo necessário efetuar testes anuais perante o ágio pago por expectativa de rentabilidade futura ( conhecido também como goodwill ) em uma aquisição de entidade, de acordo com os itens 77 a 95 da Deliberação CVM nº 527/07.

Em suma, é totalmente relevante a adequação das entidades sobre as leis vigentes e as mudanças no mercado para terem a otimização superior em seus processos, dando grande diferencial competitivo. Sendo necessário sempre uma Gestão Patrimonial Eficiente, para alcançar os objetivos almejados.

16 Comentários

  1. valeria teixeira disse:

    Preciso urgente saber qual é a posição do cpc sobre o assunto: redução do valor recuperável de ativos.

  2. […] tradução indica deterioração, assim como a depreciação no caso, de um determinado ativo. O teste de recuperabilidade é o sinônimo do teste de impairment, sendo exatamente o mesmo processo necessário para definir o […]

  3. […] de verificação do estado contábil de um ativo com a execução de teste de impairment ou teste de recuperabilidade para avaliar se os valores contábeis condizem com sua situação de mercado, podendo ocorrer […]

  4. […] de Avaliação, Teste de Recuperabilidade, Teste de […]

  5. […] seja notado diferenças neste aspecto, é verificado a redução ao valor recuperável de ativos. O Teste de Recuperabilidade é o mesmo teste que o de Impairment, porém seu nome é totalmente traduzido para o […]

  6. Antonio Franco disse:

    Estou com duvidas com relação ao teste de Recuperabilidade, este teste se aplica tambem para outros bens, maquinas equipamentos, veiculos e outros, por favor se for possivel mandar esclarecimentos

    atenciosamente

    Antonio Franco

  7. […] de ativos , desta forma adequando a situação dos ativos através do teste de impairment ( teste de recuperabilidade ), garantindo a correta avaliação de seu valor contábil perante o valor de mercado. Desta forma […]

  8. […] É sempre interessante ficar atento aos pronunciamentos técnicos do CPC, pois estem definem e regularizam certas práticas do escopo de Controle Patrimonial. Como exemplo, temos o teste de impairment, conhecido também somente como impairment. Este auxilia na correta mensuração do valor do ativo imobilizado, que pode sofrer diferença de valor contábil, com valor de mercado, devido a ações adversas de depreciação, ou outros acontecimentos. Desta forma o Pronunciamento Técnico CPC01 define, juntamente com a lei 11.638, as práticas de verificação da redução ao valor recuperável de ativos (conhecido também por teste de recuperabilidade). […]

  9. […] O Conceito presente dentro de controle patrimonial, relativo ao processo de inventários é totalmente relevante a engenharia de avaliações. Dentro desta, serão elaborados, juntamente com profissionais especializados na área, os relatório e laudos, refletindo diversas características da Gestão Patrimonial do empreendimento. Neste processo se encontra o laudo de vida útil, laudo de avaliação, resultados por desvalorizações por impairment (teste de impairment), conhecido também como teste de recuperabilidade. […]

  10. […] Como referenciado, há certas divergências perante a definição concisa acerca da depreciação, porém, a sua relevância diante o controle patrimonial é clara. O tratamento correto da depreciação através de processos de Engenharia de Avaliações é totalmente necessário para a gestão patrimonial eficiente, pois acerca da mesma é possível calcular desajustes em valores contábeis e de mercado, fato que acontece com a desvalorização por impairment, por exemplo. Sendo necessário efetuar o controle de inventário de forma eficaz, auxiliado com laudo de vida útil e laudo de avaliação dos ativos em questão, além de efetuar periodicamente o teste de impairment, este conhecido como teste de recuperabilidade. […]

  11. Pericles Queiros disse:

    quero fazer a seguinte pergunta, quando uma etiqueta com codigo de barras, do patrimonio movel e que foi tombado, é rasgada perdendo o seu numero, qual o procedimento adotado.

  12. S. Vicente disse:

    De muita validade as informações sobre recuperabilidade de ativos. Muito obrigado.
    Vicente

  13. S. Vicente disse:

    Muito bom o trabalho sobre o teste de recuperabilidade de ativos.
    Obrigado,
    Vicente

  14. gilson ribeiro de jesus disse:

    gostaria de saber mais informações sobre organização patrimonial

    gilson

  15. Carlos disse:

    Bom dia

    Quero saber onde posso fazer um laudo de recuperabilidade de uma carreta da empresa onde eu trabalho aqui em sao jose do rio preto-sp.

  16. Rute disse:

    Gostaria de saber quais ativos estão sujeitos ao teste de recuperabilidade e como devem ser identificados estes ativos sujeito ao teste?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *