Pronunciamento Técnico CPC 16 e os Estoques

Pronunciamento Técnico CPC 15 e a Combinação de Negócios
outubro 2, 2009
Reavaliação e Gestão Patrimonial
outubro 2, 2009

Pronunciamento Técnico CPC 16 e os Estoques

O Pronunciamento Técnico CPC 15 tem por objetivo tratar a avalição contábil dos estoques em geral. Proporcionando orientação sobre métodos e critérios usados para atribuir custos aos estoques, assim como o seu subsequente reconhecimento como despesa em resultado.

Comitê de Pronunciamentos Contábeis e o Pronunciamento Técnico CPC 16

Comitê de Pronunciamentos Contábeis - CPC 16

O Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) no âmbito da Gestão Contábil com o pronunciamento técnico CPC 16, tem por objetivo estabelecer o tratamento contábil para os estoques, proporcionando orientação sobre a determinação do valor de custo dos estoques e sobre o seu subsequente reconhecimento como despesa em resultado, incluindo qualquer redução ao valor realizável líquido. Além de proporcionar orientação sobre o método e os critérios usados para atribuir custos aos estoques.

Algumas das Principais Características do Pronunciamento Técnico CPC 16

A seguir são apresentadas algumas das características relevantes do CPC 16:

  • O Pronunciamento Técnico CPC 16, no que tange a questão do Balanço Patrimonial, exige que os estoques sejam mensurados pelo valor de custo ou pelo valor realizável líquido, aquilo que for menor;
  • Os custos fixos provenientes da capacidade não utilizada em função do volume de produção inferior ao normal, devem ser registrados como despesas no período em que são incorridos, não podendo ser alocados aos estoques;
  • Quando existir geração de subprodutos de custo irrelevante, eles devem ser mensurados pelo valor realizável líquido e esse valor deve ser reduzido do custo do produto principal;
  • No que tange a questão da Avaliação Financeira, o CPC 16 afirma que não deverão ser incluídos no custo dos estoques os salários e outros gastos com as vendas e com o pessoal geral administrativo, pois estes deverão ser reconhecidos como despesas do período em que são incorridos;
  • Em relação ao custo-padrão, se seus valores refletirem aproximadamente o custo real, então este poderá ser utilizado para a avaliação dos estoques;
  • Se o custo do estoque não for recuperável, então o valor do mesmo deverá ser substituído pelo valor realizável líquido;
  • Se os produtos acabados provenientes de matérias-primas forem vendidos pelo custo ou acima do custo, então não deverá haver redução ao valor realizável líquido;
  • Estoques poderão ser registrados em outras contas do ativo, quando utilizados como componente de Ativo Imobilizado de construção própria, para tanto deverão ser alocados como despesa durante a vida útil do ativo.

Divulgação da Informação e o Pronunciamento Técnico CPC 16

No que tange a questão da Gestao Patrimonial, de acordo com o Pronunciamento Técnico CPC 16, as demonstrações contábeis devem divulgar:

  • As politicas contábeis que se utilizou na mensuracao dos estoques, incluindo formas e critérios de valorização utilizados;
  • O valor total escriturado em estoques, assim como o valor registrado em outras contas apropriadas para a entidade;
  • O valor de estoques escriturados pelo valor justo menos os custos de venda;
  • O valor de estoque reconhecido como despesa durante o período;
  • O montante escriturado de estoques dados como penhor de garantia a passivos.

É possível verificar na íntegra o Pronunciamento Técnico CPC 16 através do site: http://www.cpc.org.br.

7 Comentários

  1. jose careli disse:

    Muito bom este artigo, parabéns para a equipe de gestão patrimonial.

  2. Camila disse:

    É muito bom o artigo sobre o CPC 16, parabéns!

  3. O CPC 01 é realmente muito interessante, mas ainda deixa dúvidas quanto a sua aplicação.

  4. Semiao disse:

    Ate que enfim algum site gera informação relevante sobre o CPC 16.
    Parabéns para a equipe por não ter apenas copiado as informações do CPC 16.

  5. Moyses disse:

    gostei muito o parecer do cpc16 curto e objetivo parabens

  6. Leandro disse:

    O site está de parabéns… é muito difícil encontrarmos sites que comentam de forma bem objetiva os CPC….

  7. mariza disse:

    Gostaria que me informasse a importância do Cpc 16 para os investidores.Agradeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *