Inventário de Bens e o Controle Patrimonial

Conceitos Básicos de Controle Patrimonial Público
novembro 20, 2009
Conceitos históricos sobre Depreciação e a abordagem no Controle Patrimonial
novembro 26, 2009

Inventário de Bens e o Controle Patrimonial

Entenda de forma sucinta os aspectos relevantes na utilização periódica de processos de inventários e engenharia de avaliações, para otimização do controle patrimonial.

Controle Patrimonial

O inventário físico de bens é caracterizado como o processo que consiste na contagem do bem “in loco”, que é a verificação das existências dos estoques e bens permanentes.
As boas práticas de inventário permitem conhecer a composição qualitativa do patrimônio em determinado instante, bem como fornecer informações relevantes do mesmo para que seja possível processar a sua expressão qualitativa diante o balanço patrimonial.

O Processo de Inventário e a Engenharia de Avaliações

O Conceito presente dentro de controle patrimonial, relativo ao processo de inventários é totalmente relevante a engenharia de avaliações. Dentro desta, serão elaborados, juntamente com profissionais especializados na área, os relatório e laudos, refletindo diversas características da Gestão Patrimonial do empreendimento. Neste processo se encontra o laudo de vida útil, laudo de avaliação, resultados por desvalorizações por impairment (teste de impairment), conhecido também como teste de recuperabilidade.

Inventário Materiais Permanente

Adotamos como práticas de procedimento para efetuar o inventário no permanente:

  • Primeiramente, a nomeação da Comissão Inventariante
  • Definição das datas de contagem
  • Proibição de qualquer entrega ou transferência de bens durante a contagem
  • Impressão de relatório com posição da distribuição dos bens pelos funcionários responsáveis
  • Processo de contagem “in loco” com avaliação do estado físico do bem, analisando aspectos de depreciação e conservação.
  • Processo de apuração das divergências, além da identificação das mesmas.
  • Lançamentos do processo administrativo
  • Finalização do relatório com a posição final dos aspectos do inventário.

Inventário de Materiais de Consumo

Adotamos como práticas de procedimentos para efetuar o inventário nos materiais de consumo:

  • Primeiramente, é necessário, assim como no inventário de materiais permanente, a nomeação da Comissão Inventariante
  • Definição da data de contagem
  • Proibição de qualquer movimentação (entrada/saída) de materiais durante a contagem
  • Re-arranjo físico, evitar redundância de informação em posicionamento de material
  • Impressão de relatório com posição de estoque antes do processo de contagem
  • Identificação e apuração das diferenças entre Contagem e Registro
  • Lançamentos dos ajustes em processo administrativo
  • Finalização do relatório com posição final dos aspectos do inventário.

CPC 01, A Redução no valor recuperável de Ativos e o Impairment

Como citado anteriormente, o processo de controle patrimonial é totalmente viável para o empreendimento, pois é de grande valia para o controle dos gestores. É interessante ressaltar a viabilidade do processo de inventários, assim como o controle contábil dos bens, este efetuado com o processo de reavaliação patrimonial, quando é encontrado desajustes no valor de mercado do bem, com o valor de registro do mesmo. Estas correções são destacadas no pronunciamento técnico CPC 01, de acordo com o comitê de pronunciamentos contábeis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *